Sábado, 31 de Outubro de 2020

Notícias

Lançada ABRAFESC, primeira entidade a representar nacionalmente Factorings, Securitizadoras e ESC´s

13/10/2020 - Fomento

O dia 9 de outubro entrou para história do fomento comercial brasileiro com a apresentação, ao mercado, da Associação Brasileira de Factoring, Securitização e Empresas Simples de Crédito (ABRAFESC), fundada conjuntamente por SINFAC-SP, SINDISFAC-MG, SINFAC-AM, SINFAC-ES e SINFAC-CS/SC.

“Um ato de democracia e renovação”, assim se referiu à criação da entidade o presidente desta primeira Diretoria, Hamilton de Brito Junior (SINFAC-SP), ao abrir a live que contou com a participação dos diretores. A moderação ficou a cargo da jornalista Maria Clara Leite.

A Associação representa segmentos especializados em abrir as portas do crédito para micro e pequenos empreendimentos, clientela geralmente alijada das linhas de crédito oferecidas pelo sistema financeiro tradicional, assim como dos recém-criados programas oficiais Pronampe e FGI, até aqui insuficientes para suprir a enorme demanda existente.

O dirigente relembrou a gênese da ESC, desde os primeiros planos debatidos com o ex-ministro da Secretaria da Micro e Pequena Empresa (SMPE), Guilherme Afif Domingos, idealizador dessa nova modalidade de negócios, cuja ideia surgiu em agosto de 2013, ainda chamada de “microbanco”.

Enfatizou também as vitórias emblemáticas do espírito associativo do Sindicato paulista, mostrando as vantagens oferecidas pelo SINFAC-SP e seus coirmãos aos seus associados, como representatividade, formação, parcerias, consultorias, benefícios e expertise que agora estendem-se às empresas que se juntarem à ABRAFESC.

Em seguida, os dirigentes se apresentaram, começando com o diretor secretário da Associação, Bruno Ferreira de Almeida, presidente do SINFAC-ES, entidade com 15 anos de existência e 30 filiados. “Nosso setor fica mais forte e representativo, em âmbito nacional, e vamos poder contribuir muito para buscar alternativas de negócios e produtos para os nossos associados”, afirmou.

Para o diretor financeiro Elpídio Veronez Debiasi, presidente do SINFAC-CS/SC – sindicato fundado há 30 anos e hoje com 40 associados –, a ideia é continuar sempre buscando benefícios, principalmente para as pequenas e microempresas. Com o fomento forte, todos ganhamos, as empresas e o próprio país”, reforçou.

Diretor suplente da ABRAFESC e presidente do SINFAC-AM, Silvestre Augusto de Araújo Castro, falou na sequência, pontuando que seu sindicato atua há 24 anos. “A Associação nasce com o olhar para o mundo exterior, e não para si mesma. Deveremos fazer uma grande diferença”, previu.

Na sequência, o diretor de relações com o mercado do SINFAC-SP, Marcio Lima Gonçalves, que assumiu a diretoria comercial da nova entidade, lembrou que a Associação não é uma dissidência, nem deseja concorrer com as entidades já existentes. “Viemos para somar, expandindo nossa atuação nacionalmente. Daremos também forte apoio ao desenvolvimento das ESCs”, frisou.

Estabelecido no Ceará, o empresário Ari Célio Mendes, conselheiro fiscal da ABRAFESC, faz a sua estreia na diretoria de uma entidade. Animado, ele pretende colocar à disposição toda a sua experiência de 36 anos operando com microcrédito. “Está no meu DNA apoiar o empreendedorismo”, completou.

Já o presidente do SINDISFAC-MG, Roberto Mauro Pereira, que assumiu a vice-presidência, reconheceu que a fundação da Associação é um marco histórico para o setor, “que veio para contribuir e agregar serviços para todos os segmentos representados. É uma questão de tempo para que todo o Brasil adira”, ressaltou.

O presidente Hamilton voltou a falar, explicando mais sobre o conceito da entidade e de seu logotipo, ilustrado com um diamante, pedra que representa transparência, brilho e rigidez, traduzindo assim a forma como a Associação pretende atuar em seu relacionamento com o mercado e em defesa da classe. “O mais importante é ter o reconhecimento de valor, algo que também compõe nossos objetivos”, disse.

Outro diretor que debuta na direção de uma entidade, o empresário Renato Coelho dos Santos, de São Paulo, enfatizou que a “guerra das ESCs” não terminou em abril de 2019 – quando o segmento começou a operar. “DE lá para cá, pleiteamos a entrada no Simples Nacional e o fim da territorialidade”, apontando que o Brasil fica apenas atrás da Holanda, em uma lista de 193 países, entre as nações com maior concentração bancária.

Conselheira fiscal da Associação, a empresária paulista Suzana Alves Garbeloti, também em sua primeira participação diretiva, argumentou que, no caso específico das PMEs, “queremos dar acesso a produtos e serviços de alto nível, porém a um custo compatível com a realidade dos pequenos empresários”.

Para Rafael Clementino Pinto da Silva, conselheiro fiscal na ABRAFESC e no Sindicato amazonense, a chegada das ESCs deixou o setor muito interessado, mas, ao mesmo tempo, no “escuro”, e “apenas o apoio de entidades como SINFAC-AM começaram a clarear as coisas, como agora pretendemos fazer na Associação”.

O diretor Ramon Lemos, da Bahia, por sua vez, contou rapidamente sobre o surgimento da ideia de criação da ABRAFESC, visto que o SINFAC-SP já vinha há tempos defendendo os interesses do setor nacionalmente no Legislativo, e que esse “modelo seria melhor aproveitado com a constituição de uma associação nacional”.

“Com a ABRAFESC, queremos que as nossas empresas sejam mais competitivas, munidas de inovações tecnológicas. A intenção é trabalhar para facilitar o acesso das PMEs ao crédito, pois a retomada da nossa economia depende muito disso”, complementou o presidente Hamilton.

Sediada nas instalações do SINFAC-SP e com mandato até 2024, a primeira Diretoria da ABRAFESC é composta ainda pelos diretores Thais da Costa Bittar, Doriana Pieri Bento, Adriano Mendes e Ramon Lemos.

Associação

Durante a live, Danielle Ribeiro Jara, responsável pelas áreas de associação e novas parcerias da ABRAFESC, informou como se dará a formalização. Para incentivar, as empresas que se associarem durante o mês de outubro terão isenção de mensalidade durante a pandemia. Após esse período e até completarem seu primeiro ano de associação, terão um desconto especial.

Para tanto, basta entrar em contato via e-mail: comercial@abrafesc.com.br, ou pelo telefone (11) 93079-4392.

Parceria

A segunda etapa do evento começou com a palestra de Ricardo Barros Mendes, sócio-fundador da RBMWeb, empresa mineira com 15 anos de expertise no mercado de tecnologia e gestão interna das empresas. O executivo apresentou o Assina.RBM e o Libera Cred.

O primeiro produto é um portal de assinaturas que visa tornar as rotinas mais práticas, rápidas e seguras, especialmente em relação às assinaturas digital e eletrônica, em conformidade com a MP nº 2.200-2/2001.

O consultor jurídico do SINFAC-SP e agora também da ABRAFESC, Alexandre Fuchs das Neves, fez um aparte e aproveitou para abordar os aspectos da validade jurídica dos documentos assinados eletronicamente, que hoje prescindem do uso da certificação digital.

Outro produto lançado pela RBMWeb, o LiberaCred, permite a consulta de informações sobre o comportamento financeiro dos clientes, tornando mais segura e assertiva a tomada de decisões.

Criada em parceria com os birôs de crédito, a ferramenta opera com algoritmos. “Estamos usando a inteligência deles para criar um motor de crédito que possibilita sugerir limites para o sacado/cedente e classificar o devedor. Assim, as empresas de fomento mão precisam contratar os serviços desses birôs”, complementou.

A live está disponível no canal do SINFAC-SP no YouTube. ACESSE AQUI.

Fonte: Reperkut

https://www.sinfacsp.com.br/noticia/lancada-abrafesc-primeira-entidade-a-representar-nacionalmente-factorings-securitizadoras-e-escs

Compartilhe: