Terça, 11 de Dezembro de 2018

Notícias

11º Simpósio marca entrada do setor na era 4G

02/10/2018 - Fomento

Em meio a profundas análises das atuais conjunturas política e econômica do país, às vésperas do primeiro turno das eleições, quem esteve na FECOMERCIOSP na última sexta-feira (28/09) pôde ver de perto o que vêm a ser os novos tempos do fomento comercial.

Isso ficou muito claro a cada palestra realizada, onde a tônica recaiu sobre aspectos como a interação do setor com as fintechs; o papel das registradoras de crédito, e do próprio fisco – via nota fiscal e fatura eletrônica –, para garantir a unicidade e o rastreamento dos títulos negociados.

Ao mesmo tempo, fazendo um contraponto entre passado, presente e futuro, foi constituído oficialmente o Conselho de Ética do SINFAC-SP, organismo que vai zelar, diuturnamente, pela preservação de valores que sempre estarão em voga nas atividades comprometidas com as palavras retidão e transparência.

“Está sendo o nosso primeiro evento com transmissão ao vivo pelo canal do Sindicato no YouTube”, comentava o presidente Hamilton de Brito Junior (Credere Consultoria e Fomento Mercantil), ao constatar que as inscrições se esgotaram cerca de duas semanas antes da realização do Simpósio.

Aproveitou ainda para parabenizar toda a equipe da entidade pela recente conquista da ISO 9001, agora na versão 2015. “São poucos os sindicatos que possuem a ISO, quanto mais nessa modalidade mais atualizada e complexa em relação à anterior”, acrescentou.

Pronunciamentos

Também se manifestou antes do início das apresentações o presidente da ANFAC, Luiz Lemos Leite, que além de aludir à comemoração das três primeiras décadas da atividade no país, convidou a todos para participar do Congresso Brasileiro do setor, de 21 a 23 de março de 2019, em Brasília.

Na sequência, a presidente do Conselho Regional de Contabilidade, Marcia Ruiz Alcazar, destacou o convênio de cooperação técnica recém-firmado entre CRCSP e SINFAC-SP.

“Por meio de medidas educativas, pretendemos capacitar os profissionais e levar também informações do nosso setor para os especialistas que trabalham no fomento comercial”, explicou a contadora. “Com essas atitudes, a gente consegue também criar ações de maior proteção à sociedade", constatou.

Notável do Conselho de Ética do SINFAC-SP, colegiado oficialmente empossado durante o Simpósio, o desembargador Nelson Schaefer não escondeu sua emoção por comandar essa instituição criada pelo Sindicato para difundir e preservar as boas práticas. “Em 35 anos que atuei como juiz de direito, hoje advogando, talvez seja o principal título já recebido por mim”, confessou.

Iniciativas assim, no seu entender, só trazem benefícios para a atividade comercial, industrial e econômica de um modo geral, “porque geram confiança e um ambiente onde a disputa se dá por meio de regras conhecidas, proporcionando absoluto equilíbrio”, arrematou.

Impressões

Foi mantida a tradição de casa cheia para o maior evento anual do fomento comercial, cujo público chegou perto de 200 pessoas, entre empresários e profissionais ligados a factorings, securitizadoras de crédito e Fundos de Investimento de Direitos Creditórios (FIDCs).

Também repetiu-se a rotina de alguma entidade beneficente receber donativos. Desta vez, a ABRACEsolidário, que oferece creche, reforço escolar e uma série de outras atividades culturais, esportivas e educativas a 492 menores carentes da periferia de Campinas, na faixa dos 6 meses aos 6 anos de idade

“Arrecadamos duas caixas grandes, repletas de produtos variados de higiene pessoal que serão muito úteis nos cuidados com as nossas crianças”, constatou a diretora do SINFAC-SP, Doriana Piero Bento, que também compõe o corpo diretivo daquela instituição.

Igualmente costumeira foi a satisfação demonstrada pelos participantes, diante da pertinência dos temas tratados e do gabarito de seus protagonistas.

Dentre os que confirmam essa tendência está Cristiano Venceslau da Paixão, sócio da G1 Consultoria e Fomento Comercial, de Salvador (BA), que veio pela primeira no ano passado e resolveu repetir a dose.

“É muito importante estar aqui em São Paulo, junto ao Sindicato, obtendo informações que sempre agregam e ajudam a nos atualizar”, reconhece.

Por isso, além dos conteúdos apresentados, ele valoriza bastante o networking com os colegas paulistas. “O papo nos coffee breaks torna-se precioso para a troca de experiências e o conhecimento de vivências capazes de enriquecer a nossa atividade”, acrescentou.

Kiko Furtado, da Acreditar Securitizadora & FIDC, de Mogi das Cruzes, era outro empresário visivelmente satisfeito. “Estou adorando”, disse ele, durante um dos intervalos do Simpósio, dando como exemplo de conteúdo proveitoso a apresentação da idTrust sobre o GIROFAC, plataforma que permite às empresas do fomento comercial operar com características de fintechs.

“Esse novo serviço vai possibilitar a entrada do nosso setor na parte de financiamento, até mesmo para a pessoa física, em todo o tipo de operação na qual a gente hoje não tem acesso”, justificou.

A Abapa Securitizadora, na figura de um dos seus sócios, Elias Navarro, concorda com essa perspectiva, e destacou a segurança operacional proporcionada pela nova solução.

Já Ana Claudia Gallego Garcia, sócia da também paulistana Starnic Factoring, não citou nenhuma palestra em especial, tendo em vista ter considerado todas muito boas. “Estou achando muito rico em informações, está maravilhoso para mim, está mesmo”, assegurou.

http://www.sinfacsp.com.br/noticia/11o-simposio-marca-entrada-do-setor-na-era-4g

Compartilhe: