Quinta, 18 de Outubro de 2018

Ação Social

Uma prática de cidadania

Os sonhos de um revolucionário que percorreu a América Latina na década de 80, lutando por um mundo melhor, deram origem a uma filosofia de vida e de prática, a ponto de transformá-lo em padre e fundador de uma fraternidade ainda muito jovem. Assim surgiu o Talitha Kum, nome dado ao Centro Comunitário Infantil que hoje funciona no bairro Feitoria, o mais populoso de São Leopoldo, Rio Grande do Sul, uma área de famílias extremamente pobres.

A missão – que tem 20 anos desde sua fundação e está presente em outras quatro cidades do Estado – recebeu o nome de Fraternidade Palavra e Missão. É uma comunidade pequena de padres, irmãs e leigos com trabalhos realizados através do Instituto Humanitas, Ong da qual é mantenedora.

Talitha Kum é uma expressão em aramaico (língua que, segundo a Igreja Católica, Jesus falava) e que significa “menina ordeno, levanta-te”. Ela resume o trabalho desenvolvido pelo centro comunitário, através de suas várias oficinas com todas as famílias do bairro Feitoria, suas crianças e adolescentes. A proposta é proporcionar o desenvolvimento de todos, para que se levantem dentro do seio familiar.

Hoje, são 170 crianças e adolescentes atendidos no turno inverno ao da escola, com quatro refeições diárias, oficinas de informática, dança, canto e música, artesanato, cartões de natal, culinária, corte e costura, padaria e confeitaria, cabeleireiro, esporte, capoeira e judô. O centro atendeu, em 2007, 1.367 adultos e suas famílias.

Partilhar tudo - A presidente, irmã Maria José dos Reis, 40 anos de vida religiosa, é uma entusiasta da Fraternidade, fundada em 1986 pelo jovem padre Cyzo Assis Lima. Ela conta que padre Assis foi militante na Nicarágua e em outros países, antes de ser religioso. Foi por querer uma prática transformadora que ele optou em ser ordenado, e a partir daí a vida de todos se cruzaram, para benefício das comunidades atendidas, entre elas as famílias do bairro Feitoria. Não é à toa que uma das paredes da casa simples, onde funciona a administração, traz o provérbio de Isaías: “Teu pão partilhado faz tua luz brilhar”. Ali, tudo se partilha, do amor às crianças e adolescentes às tarefas que mantêm a casa funcionando em ordem.

Após o almoço, as crianças dos três aos cinco anos dormem numa das salas, abrigadas, acolhidas e amparadas. Conforme a irmã Maria José dos Reis, os sonhos continuam se repartindo, agora através da oportunidade oferecida a muito mais pessoas que podem participar via Portal Social, abrindo-se, assim, novas possibilidades.

Por Nelcira Nascimento – Redação Solidária - Portal Social

Para contribuir com este projeto, acesse:

http://www.portalsocial.org.br/Projetos/Projeto.aspx?IDProjeto=632.

Compartilhe: